domingo, 14 de março de 2010

Duas horas das manhãs

Eu quase fui tomada pelo vento
Vendo tomadas de

“Vendo tomadas!”

Vender vem de ver

Inverter

O inverso é promíscuo
O seu verso é sagrado
nem
velcro, nem viado.

Eu sei,
o canto bonito
é o canto da esquina
que ele financia
as meninas.


Eu sei,
a bolsa bonita
é a bolsa de valores
que eles rodam
e eles inflam de horrores.


Eu sei,
os homens e mulheres estão ouvindo o versículo que fazem dos outros pobres, negros e prostitutos e não se limpam com a piedade que excitam suas larvas barrigudas de preconceito.


E os seus versos, hein?

Um comentário:

Augs disse...

blablablá.blablablá.blablablá.blablablá.blablablá.blablablá.

Esperava que eu elogiaria esta poesia, não?

Então, en-canta-dor-a!